Primeira vez da criança ao dentista? Entenda como deve ser!

26/10/2017

 

 

Olá! Seja bem-vindo! 

 

Sou a Dra. Allana, odontopediatra, responsável pelo atendimento de bebês, crianças e adolescentes na nossa clínica, além da orientação aos pais.

 

Se você quer entender melhor como dever ser a primeira vez de seu filho ou filha no dentista, veja só o que preparei para ajudar!

 

 

Se ficar alguma dúvida, deixa um comentário no fim da página que te respondo logo logo!

 
Já está na hora de levar seu filho ao dentista?

 

Muitas são as dúvidas de quando deve ser a primeira consulta das crianças no dentista. É no primeiro ano de vida que se estabelecem os hábitos de higiene oral, amamentação, alimentação e muitas vezes de sucção de chupetas e dedo que, se em desequilíbrio, poderão levar ao aparecimento de cáries, problemas gengivais e más oclusões (encaixe entre os dentes e possível desarmonia de língua e lábios). Para quem não sabe, os bebês também podem ter cáries, gengivite e problemas de mordida. Mas tudo isto pode ser prevenido e evitado com uma primeira consulta ao dentista.

 
É entre o primeiro e o segundo ano de vida que se tem uma grande incidência de quedas envolvendo a região bucal, quando a criança começa a dar os primeiros passos, embora sem muita coordenação. Estes acidentes merecem cuidado, frente às variadas sequelas que se poderá ter nos próprios dentes de leite e nos permanentes (que já se encontram em formação). A boa formação dos dentes permanentes dependerá dos dentes de leites e da saúde geral da criança (mastigação e deglutição) e do seu o convívio social, que influencia na fala correta e determinam o "sorriso".

 

Mas criança sempre tem medo de dentista? Nada disso!


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A primeira visita ao dentista reserva muitas boas surpresas e novidades que normalmente encantam os pequenos pacientes. É dividida em diferentes momentos, que assim como os procedimentos e técnicas que serão comentadas a seguir, irá variar de acordo com a formação do profissional, a necessidade e a idade do paciente.

 

Entenda como deve ser a primeira consulta das crianças e bebês

 

Na primeira visita ao dentista, após perguntas sobre a saúde geral da criança, é feita uma detalhada conversa com os responsáveis, para que se conheça o risco que a criança tem em desenvolver problemas bucais, e se conheça o pequeno paciente.

 

 

Mostramos de forma acolhedora como vamos estimulando a curiosidade da criança através de um exame clínico onde vemos o desenvolvimento da boca, procurando qualquer anormalidade nos dentes e gengivas e nas funções relacionadas à face como, como sucção, respiração, deglutição, mastigação, fala etc.

 

 

Na limpeza (profilaxia) poderá ser colocado um corante que colore apenas as placas bacterianas, para que os pais possam visualizar se a limpeza feita em casa está sendo efetiva, e para que se possa orientá-los a contornar as dificuldades. A limpeza dos dentinhos poderá ser feita com a escovinha giratória e o fio dental, e também poderá ser feita a aplicação de flúor (especial para cada idade).

 

Para o atendimento aos bebês pode sentar a criança no colo do responsável ou em uma cadeirinha especial. As crianças a partir de três anos já se sentam na cadeira odontológica e, entre historinhas e diversão, é permitido que se execute os procedimentos já descritos.

 

 

 

 

 

Mas vai doer?

 

Numa consulta de rotina, nenhum procedimento "dói", e os pais devem estar conscientes disto para saber como se posicionar frente aos eventuais "chorinhos", típicos nas crianças de pouca idade.

 

Com o amadurecimento da criança e a repetição destes passos, ela se acostuma e acaba se formando um vínculo afetivo e de confiança, que diferencia esta geração das anteriores, por terem o dentista como um amigo. Através de variados recursos como livros, bonecos, vídeos, manuais, enfim, tudo o que despertar a atenção da criança, aproveita-se este momento também para ensinar ao pequeno paciente noções sobre os cuidados com sua boquinha.

 

 

 

 

Quanto antes a criança fizer a primeira consulta ao dentista, mais facilmente irá incorporar hábitos saudáveis em seu dia a dia, prevenindo a instalação dos males bucais. O acompanhamento profissional é importante para que a dentição se desenvolva de forma saudável, já que o diagnóstico precoce de qualquer anomalia poderá favorecer o tratamento.

 

É comum os pais somente procurarem o odontopediatra quando são pegos de surpresa com imprevistos como quedas batendo os dentes, por exemplo. Antes da primeira consulta ao dentista apenas avise que a criança irá conhecer um amigo que ajudará a cuidar de seus dentes. Deixe o resto por conta do profissional, que certamente saberá lidar com a curiosidade e os medos infantis.

 

Espero que tenha ajudado você a entender um pouco do meu dia a dia =) 

 

Dra. Allana Guimarães

Please reload

Tags
Categorias

Receba gratuitamente nossas novidades!

Fique tranquilo, 

Não enviamos SPAM.

Please reload

voltar a home

  • Grey Tumblr Icon
  • Grey Flickr Icon
  • stumbleupon
Clínica Dra. Walmira - Todos os direitos reservados
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Google+ Social Icon