Receba gratuitamente nossas novidades!

Fique tranquilo, 

Não enviamos SPAM.

Mas por que ir ao dentista?

Saiba mais sobre sinais e motivos para ir ao dentista a cada 6 meses

1. Prevenção de doenças bucais

Por diversas causas podemos ter vários tipos de doenças na boca, seja nos dentes, gengiva, lábios, bochecha e língua. Algumas mais simples, como aftas e herpes labial, outras mais difíceis de tratar.

Consulte seu dentista regularmente para identificar o quanto antes infecções por bactérias, vírus ou fungos. Ele também poderá avaliar se você tem leucoplasias, que são manchas ou placas esbranquiçadas, mais comuns em fumantes e em quem consome muito álcool. Se você faz as duas coisas, saiba que essa combinação potencializa a leucoplasia.

 

2. Prevenção de doenças cardíacas

Quer dizer que a saúde da boca afeta o coração? Sim! Pouca gente sabe, mas as bactérias do tártaro dental podem atacar o coração. A endocardite bacteriana, que é um tipo de problema cardiológico por infecção, pode ter origem na boca e causar a proliferação de bactérias nocivas ao organismo.

 

3. Prevenção de câncer bucal

Exames periódicos ajudam a identificar pequenas lesões que, se não tratadas cedo, podem evoluir para alguma forma de câncer. Mas não se assuste! Visite regularmente seu dentista para evitar complicações.

 

4. Evitar a dor de dente

Desnecessário dizer que dor de dente incomoda e em alguns casos pode se tornar insuportável. A dor de dente pode inclusive afetar seu humor e sua capacidade de fazer bem algumas atividades pelo fato de não permitir uma boa concentração.

É comum eu ouvir paciente dizendo que a dor apareceu justamente quando ele estava viajando, a trabalho ou a passeio... Não tem melhor solução do que prevenir. Consulte regularmente seu dentista e faça um check-up antes de longas viagens.

5. Sensibilidade nos dentes

 

Bebidas quentes ou geladas podem provocar dor em pessoas com dentes hipersensíveis. Isso pode resultar de cáries, dentes fraturados, doenças na gengiva, esmalte desgastado ou uma raiz exposta. Consulte seu dentista para definir o melhor tratamento.

6. Manter a saúde do corpo

Uma boca bem cuidada reflete na saúde de todo o corpo. Problemas na boca e mordida podem gerar dores de cabeça e ouvidos, problemas gástricos e até mesmo no coração.

7. Reparar dentes quebrados

Podemos ter fraturas nos dentes pelas mais diversas razões. Os casos de impactos por acidente são evidentes, porém também podemos fraturar ou trincar um dente ao mastigar, o que piora com a idade. Normalmente o paciente sente dor local ao mastigar ou ao beber algo muito quente ou muito frio. Dependendo do caso, a raiz do dente pode ser afetada e o caso pode evoluir para um canal ou mesmo perda do dente. O diagnóstico é feito pelo relato do paciente ao dentista e através de raio-X. Portanto, consulte regularmente seu dentista!

8. Substituir restaurações antigas

É muito comum que um paciente queira substituir suas antigas restaurações (conhecidas como obturações) feitas em amálgama, aquele material na cor prata, por resinas mais modernas e mais bonitas (imperceptíveis).

9. Colocar implantes dentários

Os implantes dentários são sem dúvida a melhor opção para a substituição de dentes perdidos. A parte estética e a manutenção de um implante unitário ou de vários dentes superam muito as alternativas antigas como a ponte fixa ou dentadura. Clique aqui para saber mais sobre implantes dentários.

10. Colocar próteses dentárias

As próteses dentárias possibilitam a substituição de um ou mais dentes perdidos. As próteses dentárias convencionais e próteses sobre implante são frequentes em nossa clínica tanto para corrigir um problema quanto para melhorar a aparência do sorriso dos pacientes.

11. Corrigir mordida e mastigação

Dor ao mastigar? Consulte seu dentista o quanto antes! Isso pode estar ligado a doenças como sinusite, artrite, gengivite, bruxismo ou ainda a uma disfunção da articulação temporomandibular.

12. Colocar aparelhos dentários

Praticamente todos nós temos dentes tortos. Alguns muito suaves, outros muito aparentes. O problema é quando os dentes tortos deixam uma aparência feia, ou atrapalham a mastigação, ou causam dores de cabeça e ouvido, ou prejudicam a fonética, entre outros. No longo prazo, uma mordida errada pode causar sério desgaste nos dentes. Consulte seu dentista e leve seu filho para uma avaliação com seu odontopediatra e ortodontista.

13. Limpar a fundo os dentes

Mesmo escovando os dentes todos os dias, existem lugares que a escova não alcança, acumulando placa na gengiva e entre os dentes. Além disso, algumas bebidas vão manchando os dentes, como é o caso do vinho. Para realizar uma limpeza mais a fundo, o seu dentista irá realizar utilizando ultrassom.

Em nossa clínica usamos também a câmera intra-oral que aumenta em 60 vezes a imagem. Você provavelmente ficaria surpreso ao olhar de tão perto no TV quanta sujeira fica acumulada nos dentes já poucos meses após sua última visita ao dentista. Não tem outra solução a não ser fazer check-up odontológico periódico.

14. Fugir do mau hálito

90% das causas do mau hálito estão na boca. Escovar os dentes e a língua é essencial para manter um bom hálito.

15. Tratar sangramentos gengivais

Sangramentos gengivais são comuns quando a pessoa coloca muita força na escovação. Se persistir por mais de dois ou três dias, melhor consultar seu dentista o quanto antes. Fora isso, as principais causas incluem gengivite, traumas, distúrbios hemorrágicos, próteses móveis mal ajustadas e doenças como a leucemia e o escorbuto.

16. Tratar cáries

A cárie é a causa mais comum de dor de dente, piorando conforme o nervo do dente fica mais exposto. Tratar cáries assim que elas surgem evita procedimentos mais dolorosos como tratamentos de canal e das gengivas.

 

17. Tratar canal - Tratamento de canal

Seu dentista deve fazer de tudo para você não chegar ao ponto de ter que fazer um tratamento de canal, mas depende muito da prevenção. Tratamento de canal é bastante comum e geralmente se manifesta com dores crescentes quando há um acúmulo de pus em torno da raiz do dente devido a infecção bacteriana. O tratamento consiste em drenar a secreção, limpar e desinfetar a cavidade pulpar. Em casos muito graves, a extração do dente pode ser necessária. Por essa razão, procure um endodontista (especialista em endodontia - tratamento de canal), pois erros de execução às vezes podem condenar o dente. Clique aqui para saber mais sobre tratamento de canal.

 

18. Clarear os dentes

Já não existe razão para manter um sorriso amarelado. Mais e mais adultos e jovens vem procurando o clareamento dental. O clareamento dos dentes pode ser usado para corrigir dentes escurecidos pelo fumo ou bebidas ou simplesmente para atingir a cor tão desejada pelo paciente. Clareamento a laser ou caseiro pode ser usado ou mesmo a combinação deles.

Gostou do conteúdo? Espero que sim!

Ajude-nos compartilhando nas redes sociais!

 

Ah! E não deixe de assinar nossa Newsletter!

Receba gratuitamente nossas novidades!

Fique tranquilo, não enviamos SPAM.

voltar a home

  • Grey Tumblr Icon
  • Grey Flickr Icon
  • stumbleupon
Clínica Dra. Walmira - Todos os direitos reservados
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Google+ Social Icon